Funk na praça Cibeles: Comemoração brasilenha em festa Madridista

Menos de 2 meses depois que cheguei em Madrid, fui apresentada à Taça Libertadores local: A famosa Champions League. Seja por sorte de principiante ou não, calhei de estar em Madrid com uma final da Champions entre Real Madrid e Atlético de Madrid. Es decir –  O maior Fla x Flu madrileño que você respeita.

Enfim, aceitei o convite do meu casal de amigos brasilenho preferido aqui (Tatá e Léo, bju) e encontrei com eles em um pub lotado de gente para acompanhamos tudo espremidos perto do balcão (localmente chamado de barra – atenção para a pronúncia de -rra, que é vibrando os rr`s com a ponta da língua nos dentes). Eu confesso que tava torcendo para o Real por pura localização (moro do lado do estádio), e embora meu pai sempre me pedisse para ser Barça, sou Madridista porque também rima com flamenguista né, então…  | desculpa pai… :/

Pub lotado em Madrid - Final da Champions League Madrid x Barça

Pub lotado em Madrid – Final da Champions League Madrid x Atlético –  2016

Pois bem… Depois de pênaltis ULTRA NERVOSOS,  um país parado, ruas desertas, tv’s ligadas, momentos de tanta tensão que só faltava o João Kleber aparecer gritando “Pára Pára Pára! Resultado da partida depois dos comerciais…” Veio o grito! O Real era campeão 11 vezes da Champions, dessa vez em casa contra seu rival doméstico. 

Na tv o narrador chamava todos para a Praça Cibeles, onde seria o palco da comemoração. Depois de uma caminhada de uns 20 minutos estávamos lá… No meio da torcida, gritos e bandeiras ¡Hala Madrid! Música alta, animador de festa, expectativa para a chegada do time, todo mundo fazendo Botellón, Chinos e Indianos vendendo latinhas de Mahou, ou seja, aquela coisa bem callejera.

IMG_2958.JPG

Praça Cibeles lotada de Madridistas = Torcedores do Real

Até que entre um Temazo (música hit) e outro, quem dá o ar da graça nos auto falantes? CIDINHO E DOCA, Hap das Armas! E os cariocas ficam como?! ALUCINADOSSS!!!

Foi isso gente, melhor que festa no Maraca… pouco mais de 3 minutos de sensação de festa em casa, em pleno centro Madrileño, há mais de 8 mil quilômetro de distância do Morro do Dendê que também é terra de Deus, Madrid teve cara de Rio de Janeiro.

Um comentário sobre “Funk na praça Cibeles: Comemoração brasilenha em festa Madridista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.